Análise teórico-experimental de ligações tubulares tipo luva

Fazer Download...

Publicada em 28/08/2012

Discente: Janaína Maria da Silva

Resumo:

Os perfis tubulares possuem propriedades geométricas que possibilitam a elaboração das mais variadas obras com soluções modernas, arrojadas e econômicas. Uma das aplicações possíveis é em sistemas treliçados de cobertura atendendo a padronização, rapidez de montagem e alto grau de industrialização. Visando contribuir para o alcance desses objetivos, este trabalho apresenta um estudo teórico e experimental de um novo tipo de ligação denominada “luva”. Essa ligação é composta por dois tubos ligados internamente a partir de um terceiro tubo de diâmetro menor. Trata-se de uma ligação com parafusos passantes e dispostos em linha. A luva propicia uma fácil junção entre os elementos da seção tubular circular e facilita a montagem da estrutura. A ligação proposta foi testada em laboratório sob carregamento de tração, o que possibilitou a identificação de alguns modos de falha, capacidade resistente e deslocamentos. Os parâmetros considerados para investigação foram: diâmetro dos tubos, espessura e número de parafusos. A partir da análise dos resultados experimentais e teóricos, observou-se a necessidade da consideração de um estado limite adicional de flexão no parafuso para a qual é proposta uma metodologia de cálculo. Os bons resultados obtidos demonstraram a viabilidade da utilização desse novo tipo de ligação.

Áreas de Concentração:

- Mestrado: Construção Metálica

Orientadores:

- Arlene Maria Cunha Sarmanho
- Marcílio Sousa da Rocha Freitas

Banca Examinadora:

Prof. Marcílio Sousa da Rocha Freitas, UFOP (Presidente)
Profa. Arlene Maria Sarmanho Freitas, UFOP
Prof. João Alberto Venegas Requena, UNICAMP
Prof. Roberval José Pimenta, CODEME

Voltar