O PROPEC

Desde 1992, o PROPEC vem contribuindo na formação de engenheiros e arquitetos na área de construção metálica. Em 1998 a área de geotecnia foi implantada. Em março de 2005, o CTC/CAPES aprovou o Curso de Doutorado na área de concentração em Construção Metálica.
Até março de 2018, cerca de 330 dissertações e teses foram concluídas (292 na área de Estruturas e Construção e 38 na área de Geotecnia).

 

ÁREAS DE CONCENTRAÇÃO: 

Estruturas e Construção

As atividades de pesquisa se iniciaram com a criação, em 1982, do Curso de Especialização em Estruturas Metálicas (CEEM), que depois foi transformado em Curso de Especialização em Tecnologia para Uso do Aço (CETUA). 

Em 1992, foi criado o Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil (PROPEC), Curso de Mestrado, com área de concentração em Construção Metálica. Em 2005 foi criado o Curso de Doutorado do programa. 

Em 2018, em função do novo quadro de docentes do PROPEC, a área de concentração do programa passou a ser chamada Estruturas e Construção, mas com a manutenção das mesmas linhas de pesquisa.

As linhas de pesquisas são: 
- Arquitetura e Ambiente Construído; 
- Comportamento e Dimensionamento de Estruturas; 
- Engenharia Estrutural e de Materiais; e
- Mecânica Computacional. 

 

Geotecnia 

Em 1987, foi criado o Curso de Especialização em Engenharia de Barragens (CEEB). A área de concentração em geotecnia do PROPEC foi criada em 1998. Trinta e oito dissertações foram defendidas até outubro de 2006. Nesse mesmo ano, com a criação do Núcleo de Geotecnia (NUGEO), ligado à diretoria da Escola de Minas, a área se desligou oficialmente do PROPEC.

As linhas de pesquisas eram: 
- Geotecnia de Encostas Urbanas; 
- Geotecnia Aplicada à Mineração; 
- Geotecnia Ambiental; e 
- Métodos Numéricos em Geotecnia.